>
Olá, seja muito bem-vindo a esse ambiente! Espero que ele possa atender suas expectativas!

quarta-feira, 27 de julho de 2011

ENEM é requisito para bolsas no exterior

Foto: Google Imagens

O ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, lançou nesta terça-feira, em Brasília (DF), o programa "Ciência sem Fronteiras", que financiará bolsas de intercâmbio em universidades do exterior. Para ter acesso a uma das 100 mil bolsas previstas no programa, o estudante terá que mostrar bom desempenho acadêmico. Para os cursos de graduação, por exemplo, a nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será um dos requisitos.

De acordo com as informações divulgadas hoje, para conquistar uma das 27,1 mil bolsas de graduação no exterior, o estudante precisa ter atingido nota acima de 600 pontos no Enem. Além disso, o aluno deve ter completado no mínimo 40% e no máximo 80% dos créditos necessários para obter o diploma. Premiação em olimpíadas científicas, como de matemática, e o bom desempenho em programas de iniciação científica são diferenciais que serão levados em conta.

A bolsa para estudantes de graduação terá duração de um ano, sendo de 6 a 9 meses de atividades acadêmicas e o restante de estágios em empresas ou centros de pesquisa. O benefício inclui passagem aérea, bolsa mensal, seguro-saúde, auxílio instalação e taxas de uso de infraestrutura. Os créditos realizados no exterior serão reconhecidos pelas universidades brasileiras.

Além das bolsas de graduação, serão oferecidas 24,6 mil bolsas de doutorado de um ano de duração, 9.790 bolsas de doutorado integral (4 anos de duração), 8,9 mil bolsas de pós-doutorado (até dois anos de duração), 2.660 bolsas de estágio (com seis meses de duração), 700 bolsas para treinamento de especialistas (até um ano de duração), 860 bolsas para jovens cientistas e 390 para pesquisadores visitante no Brasil (brasileiros radicados no exterior que assumem o compromisso de desenvolver pesquisas no País).

Melhores universidades do mundo
De acordo com o ministério, os estudantes terão seu treinamento nas melhores instituições de ensino, prioritariamente entre as 50 mais bem classificadas nos rankings da Times Higher Education e QS World University Rankings. Entre as universidades estão Cambridge e Oxford, no Reino Unido; Harvard, MIT (sigla em inglês para Instituto de Tecnologia de Massachusetts) e Stanford, nos Estados Unidos.InscriçõesAs inscrições serão realizadas no segundo semestre deste ano, mas o calendário ainda não foi definido. Quarenta mil bolsas serão gerenciadas pela Capes, 35 mil pelo CNPq e as outras 25 mil serão destinadas a uma parceria com a iniciativa privada.


Fonte: Terra
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Com seus comentários, você ajuda a construir esse ambiente. Sempre que opinar sobre as postagens, procure respeitar a opinião do outro.

Muito obrigado por participar de nosso Blog!

Abraços!

Visitantes no Globo

On line

Total de visualizações

Arquivo do blog

Mais visualizadas do mês

Seguidores