>
Olá, seja muito bem-vindo a esse ambiente! Espero que ele possa atender suas expectativas!

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

A luz que revela seu interior - em 3D

As imagens detalhadas do pâncreas elucidaram aspectos da formação do órgãos que eram desconhecidas até agora.
[Imagem: Cheddad et al.]

Tomografia óptica
Olhar para dentro de você está adquirindo um novo sentido, graças à equipe do professor Ulf Ahlgren, da Universidade de Umea, na Suécia.
Ou, pelo menos, permitirá que você veja seu interior com uma resolução nunca antes alcançada. O interior físico, é bom que se diga.
Para prosseguir em seus estudos do diabetes, os pesquisadores tiveram que aprimorar uma técnica de imageamento de última geração, chamada Tomografia Óptica de Projeção.
O termo "óptica" indica que a tecnologia usa luz comum, em lugar dos mais comuns raios X usados em imagens médicas.
Isto tem feito a técnica deslanchar rapidamente porque a radiação não-ionizante permite estudos no campo da biologia e da patologia sem afetar o material sendo estudado.
A nova técnica permite uma visualização em três dimensões de níveis microscópicos dos tecidos, o que inclui a expressão de genes e proteínas dentro de uma amostra de tecido.
Imagens de tomografia óptica do estômago, intestino e pâncreas de um modelo animal para estudo do diabetes.
[Imagem: Cheddad et al.]
Células produtoras de insulina
Os pesquisadores suecos conseguiram ampliar o campo de visão da tomografia óptica, permitindo a observação de órgãos inteiros, sem distorções.
Isso possibilitou a captura de objetos menores e menos iluminados, criando uma reprodução mais exata das diversas células presentes no tecido, incluindo as chamadas ilhotas de Langerhans, que produzem insulina.
A técnica também já permitiu a descrição de aspectos até agora desconhecidos de como o pâncreas se desenvolve na fase embrionária.
O estudo revelou que as células de insulina são muito mais numerosas do que se calculava, e, ao contrário do que se acreditava, elas não são distribuídas uniformemente - a maioria dessas células está concentrada no chamado lobo gástrico do pâncreas.
Problemas na produção de insulina ou a incapacidade do organismo em responder aos sinais da insulina podem levar ao diabetes.
Bibliografia:
Impaired spleen formation perturbs morphogenesis of the gastric lobe of the pancreas
Hörnblad, A, Eriksson, AU, Sock, E, Hill, RE, Ahlgren, U
PLoS One
Vol.: 6(6):e21753
DOI: 10.1371/journal.pone.0021753

An improved protocol for optical projection tomography imaging reveals lobular heterogeneities in pancreatic islet and ß-cell mass distribution
Hörnblad, A, Cheddad, A, Ahlgren, U
Islets
Vol.: Jul-Aug;3(4):204-8
DOI: 10.4161/isl.3.4.16417

Image Processing Assisted Algorithms for Optical Projection Tomography
Cheddad, A, Svensson, C, Sharpe, J, Georgsson, F, Ahlgren, U
IEEE Trans Med Imaging
Vol.: Epub ahead of print
DOI: 10.1109/TMI.2011.2161590

Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Página inicial

2 comentários:

  1. Gostaria de saber se essa segunda imagem é das células produtoras de insulina? Obrigada.

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente não posso te confirmar essa informação Rayssa!

    Muito obrigado pela participação!

    ResponderExcluir

Com seus comentários, você ajuda a construir esse ambiente. Sempre que opinar sobre as postagens, procure respeitar a opinião do outro.

Muito obrigado por participar de nosso Blog!

Abraços!

Visitantes no Globo

On line

Total de visualizações

Arquivo do blog

Mais visualizadas do mês

Seguidores