>
Olá, seja muito bem-vindo a esse ambiente! Espero que ele possa atender suas expectativas!

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Pesquisa brasileira usa células-tronco para tratar necrose em ossos


Imagem do Google
Pesquisadores do Hospital das Clínicas da Universidade Federal da Bahia desenvolveram um tratamento contra doenças nos ossos com a aplicação de células-tronco. A técnica é eficaz na maioria dos casos de necrose em estágio inicial.
Na Bahia, o tratamento com as células-tronco ganha importância porque o estado tem a maior incidência do país de anemia falciforme, uma alteração genética no sangue que causa, entre outras complicações, a morte do tecido ósseo. A doença atinge principalmente a população negra, que é maioria no estado.
Os médicos retiram células-tronco mesenquimais do osso da bacia do próprio paciente. Essas células, que se transformam facilmente em tecidos diferentes, são injetadas nas áreas atingidas e substituem as células ósseas mortas. O tratamento tem sido usado principalmente no fêmur.
"O grau de eficácia está em torno de 93% a 95% dos pacientes que se submetem a este tratamento. Eles praticamente abandonam a bengala 30 dias depois, a dor deixa, desaparece 48 horas depois e eles retomam a marcha próximo do normal", garantiu Gildásio Daltro, ortopedista coordenador da pesquisa.
O novo tratamento já beneficiou 60 pessoas de vários estados.
O engenheiro Antônio Palmeira sofria de uma necrose de causa desconhecida que prejudicava tanto o fêmur direito quanto o esquerdo, e o tecido morto se recuperou após a injeção das células-tronco.
"Já estava perdendo os movimentos das pernas, não estava caminhando normalmente. Quando eu caminhava um pouco a perna ficava meio rígida, e tinha até dificuldade de dobrar a perna neste período", contou o engenheiro.
A dona de casa Ana Cristina recuperou a mobilidade da perna esquerda. Ainda manca da direita, mas já se sente mais confortável. “Quando eu via o carnaval na televisão eu chorava. Aí, depois da cirurgia, eu disse: 'este ano eu vou'. Quando eu cheguei em casa, eu cheguei maravilhada, eu consegui", comemorou.
Júlio César Alves se aposentou por invalidez devido aos problemas causados pela anemia falciforme. Ele fez o transplante no fêmur e quer fazer o procedimento também no ombro. "Eu espero que seja feito no ombro o mesmo tratamento que foi feito na perna, porque o efeito foi muito bom”, comentou.
Fonte: G1
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Página inicial

10 comentários:

  1. sou portadora de osteonecrose na cabeça do fêmur e estou encantada com esses depoimentos. oro muito a Deus para que Ele faça um milagre pois sou profissional em Educação Física e a vida toda joguei voleibol e futebol e com esse problema estou lutando contra uma depressão horrorosa.. gostaria de saber mais sobre o assunto.. obrigada
    Meu e-mail é vandapinto1963@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. OK, Vanda qualquer informação à respeito estaremos informando aqui.

    Muito obrigado pela participação. Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Oi, pesso ajuda, como posso do rio grande do sul ir a esse lugar, minha mae esta em estagio inicial, tem um telefone para contato. Obrigada Silvana meu email para contato e silvanareggi@yahoo.com.ar

    ResponderExcluir
  4. Infelizmente não posso te ajudar com essas informações, pois não as tenho. Mas acho que conseguirá pesquisando sobre a Universidade que realizou essa pesquisa, a Universidade Federal da Bahia.

    Abraços, boa sorte!

    ResponderExcluir
  5. ola prof. Paulo, meu nome é André tenho 37anos e já tenho uma protese de quadril do lado direito estou com o lado esquerdo comprometido, não sabia ainda sobre o metodo de celula tronco,moro em São Paulo existe algum hospital daqui que que faça esse tratamento??? se não...eu poderia enviar meus exames para voces analizarem e se tiver condição de fazer este tratamento eu iria até voces. no aguardo

    ResponderExcluir
  6. Olá André, sinto não poder lhe ajudar com essas informações. Infelizmente não sou profissional dessa área, apenas um bom curioso à respeito e por achar importante essa postagem divulguei em meu blog, mas tenho certeza que você encontrará a solução para seu problema. No mais, lhe desejo boa sorte e muita saúde. Abraços e muito obrigado pela visita!

    ResponderExcluir
  7. Olá todos! O contato da equipe do Prof.Gildásio é: Salvador (DDD-71) Telefone: 3283-8136. Boa Sorte e muita saúde para todos!

    ResponderExcluir
  8. Vanessa ou Rita, são as pessoas que devem procurar, na enfermaria 3d, procurar Dr. Gildásio Daltro, células tronco. Todo mundo conhece.

    Hospital Universitário em Canela, Salvador, Ba.

    ResponderExcluir
  9. Muito obrigado pela ajuda Alexandre, decerto ajudarás bastante!

    ResponderExcluir

Com seus comentários, você ajuda a construir esse ambiente. Sempre que opinar sobre as postagens, procure respeitar a opinião do outro.

Muito obrigado por participar de nosso Blog!

Abraços!

Visitantes no Globo

On line

Total de visualizações

Arquivo do blog

Mais visualizadas do mês

Seguidores