>
Olá, seja muito bem-vindo a esse ambiente! Espero que ele possa atender suas expectativas!

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Fotos do Facebook refletem diferenças culturais inconscientes


A estudante norte-americana está claramente conversando com outras pessoas, mas ela seleciona apenas seu rosto para colocar em seu perfil no Facebook. Enquanto isso, não é possível nem mesmo reconhecer o estudante oriental, totalmente imerso na paisagem. [Imagem: Denise Park/ UTDallas]
Minha face no Facebook
Para milhões de usuários do Facebook, selecionar qual foto colocar em seu perfil é uma decisão muito importante.
E muito reveladora, afirmam cientistas da Universidade do Texas (EUA).
Segundo eles a escolha da foto reflete, de forma mais óbvia, preferências individuais não muito difíceis de deduzir.
Contudo, a foto também reflete valores profundamente arraigados, na verdade, diferenças culturais inconscientes.
O indivíduo e o todo
Estudos já demonstraram exaustivamente como a cultura afeta a forma como vemos o mundo e processamos as informações.
Por exemplo, as culturas ocidentais condicionam as pessoas a pensarem sobre si mesmas como entidades altamente independentes, focando no indivíduo, enquanto as culturas orientais ressaltam o coletivismo e a interdependência.
Isto resulta em que, em experimentos nos quais as pessoas observam quadros com paisagens, os ocidentais tendem a focar mais nos objetos centrais ou em rostos do que no ambiente em geral. Os asiáticos, por outro lado, tendem a focar no contexto e na paisagem global de uma cena.
A Dra. Denise Park e seus colegas decidiram colocar essas teorias à prova analisando fotos de usuários do Facebook dos EUA e da Ásia.
De fato, os perfis dos norte-americanos têm preferencialmente fotos com o rosto da pessoa, enquanto as fotos que ilustram o perfil dos asiáticos incluem um cenário de fundo, geralmente uma paisagem agradável.
Os ocidentais também apresentam sorrisos muito mais intensos do que os orientais.
Influências culturais
Os resultados confirmam as diferenças marcantes no foco de atenção entre ocidentais e orientais.
Segundo os pesquisadores, isto realça conclusões anteriores de que, ao olhar para uma cena, orientais e ocidentais percebem coisas diferentes, uns se concentrando no detalhe - a individualidade - e outros se concentrado no todo - a cena.
E o estudo também revelou os efeitos das influências culturais: tanto orientais que estudavam nos EUA, quanto norte-americanos estudando em Taiwan, mostraram uma tendência para ajustar seus perfis, inserindo fotos mais de acordo com as preferências culturais do país de destino.
Fonte: Diário da Saúde
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Com seus comentários, você ajuda a construir esse ambiente. Sempre que opinar sobre as postagens, procure respeitar a opinião do outro.

Muito obrigado por participar de nosso Blog!

Abraços!

Visitantes no Globo

On line

Total de visualizações

Arquivo do blog

Mais visualizadas do mês

Seguidores