>
Olá, seja muito bem-vindo a esse ambiente! Espero que ele possa atender suas expectativas!

sábado, 27 de outubro de 2012

Luva controlada por computador leva usuário pela mão

É como se a mão estivesse sendo puxada em direção ao alvo.[Imagem: Lehtinen et al.]
Luva robótica

Controlar computadores com as mãos não é mais novidade desde a chegada do Kinect, que logo estará sendo usado até para controlar satélites no espaço.

Mas uma equipe de pesquisadores alemães e finlandeses decidiu inverter o processo.

Ville Lehtinen e seus colegas criaram uma luva que é controlada remotamente pelo computador.

Isso permite que o usuário da luva tenha sua mão guiada para um objeto de interesse.

Segundo a equipe, a luva controlada remotamente terá grande utilidade para ajudar as pessoas a encontrarem objetos em ambientes visualmente complexos, como bibliotecas ou prateleiras de supermercados.

Puxando a mão

A luva háptica usa vibrações sobre as diversas partes da mão para guiar o usuário na direção do objeto, sem que este precise ficar procurando visualmente pelo item de seu interesse.

A busca visual por um objeto pode ser muito frustrante porque a capacidade de reconhecimento de padrões dos humanos reduz a tarefa a uma busca serial quando os diversos itens são muito parecidos - a saída é olhar um por um e testar "É este que quero?" a cada fixação do olhar.

"A vantagem de dirigir a mão por meio de impulsos táteis é que o usuário pode interpretá-los facilmente em relação ao seu campo visual. Isso oferece uma experiência muito intuitiva, como se a mão estivesse sendo puxada em direção ao alvo," disse Lehtinen.

Apontando o dedo

São quatro atuadores vibrotáteis na luva e, sem surpresa, um Kinect para rastrear a posição da mão no espaço 3D e acionar os comandos para "puxar" a mão do usuário rumo ao destino.

Nos testes conduzidos em laboratório, um usuário com a luva localizou os objetos três vezes mais rápido do que usuários sem a luva.

Além de ajudar a encontrar produtos em prateleiras, a tecnologia poderá ser muito útil para os deficientes visuais.

Todos os componentes usados no experimento foram comprados no comércio, o que torna a tecnologia muito próxima do mercado, bastando que um empresário de visão saiba apontar o dedo para o nicho de mercado mais promissor.

Fonte: Inovação Tecnológica
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Com seus comentários, você ajuda a construir esse ambiente. Sempre que opinar sobre as postagens, procure respeitar a opinião do outro.

Muito obrigado por participar de nosso Blog!

Abraços!

Visitantes no Globo

On line

Total de visualizações

Arquivo do blog

Mais visualizadas do mês

Seguidores