>
Olá, seja muito bem-vindo a esse ambiente! Espero que ele possa atender suas expectativas!

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Nasa desmente 'fim do mundo' e alerta sobre suicídios

Nasa desmente 'fim do mundo' e alerta sobre suicídios (Foto: AFP/Nasa)

Após receber uma enxurrada de cartas de pessoas seriamente preocupadas com teorias que preveem o fim do mundo no dia 21 de dezembro de 2012, a agência espacial americana (Nasa) resolveu 'desmentir' esses rumores na internet.
Nesta quarta-feira (28), a Nasa fez uma conferência online com a participação de diversos cientistas. Além disso, também criou uma seção em seu website para desmentir que haja indícios de que um fim do mundo esteja próximo.
Segundo o astrobiologista David Morrison, do Centro de Pesquisa Ames, da Nasa, muitas das cartas expondo preocupações com as teorias apocalípticas são enviadas por jovens e crianças.
Alguns dizem até pensar em suicídio, de acordo com o cientista, que também mencionou um caso, reportado por um professor, de um casal que teria manifestado intenção de matar os filhos para que eles não presenciassem o apocalipse.
'Estamos fazendo isso porque muitas pessoas escrevem para a Nasa pedindo uma resposta (sobre as teorias do fim do mundo). Em particular, estou preocupado com crianças que me escrevem dizendo que estão com medo, que não conseguem dormir, não conseguem comer. Algumas dizem que estão até pensando em suicídio', afirmou Morrison.
'Há um caso de um professor que disse que pais de seus alunos estariam planejando matar seus filhos para escapar desse apocalipse. O que é uma piada para muitos e um mistério para outros está preocupando de verdade algumas pessoas e por isso é importante que a Nasa responda a essas perguntas enviadas para nós.'
Calendário maia
Um desses rumores difundidos pela internet justifica a crença de que o mundo acabará no dia 21 dizendo que essa seria a última data do calendário da civilização maia.

Outro rumor tem origens em textos do escritor Zecharia Sitchi dos anos 1970. Segundo tais teorias, documentos da civilização Suméria, que povoou a Mesopotâmia, preveriam que um planeta se chocaria com a Terra. Alguns chamam esse planeta de Nibiru. Outros de Planeta X.
'A data para esse suposto choque estava inicialmente prevista para maio de 2003, mas como nada aconteceu, o dia foi mudado para dezembro de 2012, para coincidir com o fim de um ciclo no antigo calendário maia', diz o site da Nasa.
Sobre o fim do calendário maia, a Nasa esclarece que, da mesma forma que o tempo não para quando os 'calendários de cozinha' chegam ao fim, no dia 31 de dezembro, não há motivo para pensar que com o calendário maia seria diferente - 21 de dezembro de 2012 também seria apenas o fim de um ciclo.
A agência espacial americana enfatiza que não há evidências de que os planetas do sistema solar 'estejam se alinhando', como dizem algumas teorias, e diz que, mesmo que se isso ocorresse, os efeitos sobre a Terra seriam irrelevantes. Também esclarece que não há indícios de que uma tempestade solar possa ocorrer no final de 2012 e muito menos de que haja um planeta em rota de colisão com a Terra.
'Não há base para essas afirmações', diz. 'Se Nibiru ou o Planeta X fossem reais e estivessem se deslocando em direção à Terra para colidir com o planeta em 2012, astrônomos já estariam conseguindo observá-lo há pelo menos uma década e agora ele já estaria visível a olho nu', diz o site da Nasa.
Fonte: G1

Compartilhar:

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Descoberto petróleo no espaço

A Nebulosa Cabeça de Cavalo está sendo chamada pelos astrônomos de "refinaria cósmica". [Imagem: ESO]

Petróleo espacial

Para quem acreditava que o pré-sal era a fronteira final do petróleo, os astrônomos têm uma surpresa.

Eles descobriram "indicações de vastas reservas de petróleo na Nebulosa Cabeça de Cavalo".

A Nebulosa Cabeça de Cavalo, localizada na Constelação de Órion, fica a 1.300 anos-luz da Terra, o que certamente a torna menos acessível do que os depósitos do pré-sal.

Mas a descoberta pode reavivar o interesse pelas teorias abióticas do petróleo, que afirmam que o valioso óleo pode ser de origem mineral, e não um composto fóssil oriundo da degradação de matéria orgânica.

Jérôme Pety e seus colegas descobriram os hidrocarbonetos interestelares - moléculas de C3H+ - usando o radiotelescópio de 30 metros do Instituto de Radioastronomia Milimétrica (IRAM), na Espanha.

Refinaria cósmica

Devido à forma peculiar e facilmente reconhecível que lhe deu o nome, a Nebulosa Cabeça de Cavalo é um dos objetos celestes mais fotografados pelos astrônomos.

Mas é também um fantástico laboratório de química interestelar, onde o gás de alta densidade, aquecido pela luz de uma estrela supermaciça, continuamente interage e desencadeia reações químicas em muitos níveis.

A molécula C3H+ descoberta pelos astrônomos pertence à família dos hidrocarbonetos, sendo parte das fontes de energia mais utilizadas hoje em nosso planeta, o petróleo e o gás natural.

A descoberta do "petróleo espacial", segundo os pesquisadores, "confirma que esta região é uma ativa refinaria cósmica".

Os astrônomos descobriram o petróleo espacial usando o radiotelescópio de 30 metros do Instituto de Radioastronomia Milimétrica (IRAM), na Espanha. [Imagem: IRAM]
Hidrocarbonetos no espaço

A equipe detectou e identificou 30 moléculas na região da Nebulosa Cabeça de Cavalo, incluindo vários pequenos hidrocarbonetos, as moléculas que compõem o petróleo e o gás natural.

O que mais surpreendeu foi a quantidade do "petróleo espacial".

"A Nebulosa contém 200 vezes mais hidrocarbonos do que a quantidade total de água na Terra," disse Viviana Guzman, membro da equipe.

Além dessas moléculas menores, os astrônomos identificaram a presença do íon propinilidina (C3H+), que foi detectado no espaço pela primeira vez.

Origem do petróleo no espaço

Mas como esse "petróleo do espaço" se forma?

Em seu artigo, Pety e seus colegas propõem que os hidrocarbonetos espaciais resultam da fragmentação de moléculas carbonáceas gigantes, chamadas PAHs (hidrocarbonos policíclicos aromáticos, na sigla em inglês).

Essas moléculas enormes podem ser intemperizadas pela luz ultravioleta, produzindo a grande população de hidrocarbonetos menores que foram encontrados.

Esse mecanismo pode ser particularmente eficiente em regiões como a Nebulosa Cabeça de Cavalo, onde o gás interestelar está diretamente exposto à luz de uma estrela gigante situada nas proximidades.

"Nós observamos o funcionamento de uma refinaria de petróleo natural de dimensões gigantescas," disse Pety.

Pety é responsável pelo projeto Whisper, que foi criado justamente para estudar essa "refinaria cósmica", sob coordenação do Instituto Max Planck de Radioastronomia, na Alemanha.

Fonte: Inovação Tecnológica
Compartilhar:

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Carro sem motorista: e se o computador travar?

Projeto Sartre prevê veículos equipados com sistemas de navegação e unidades de transmissão e recepção de dados que se comunicam em um comboio com um veículo-líder.[Imagem: Sartre]

Carros autônomos
Motoristas poderão não precisar mais de uma carteira de habilitação em 2040.
Pelo menos é nisso que acredita o renomado IEEE (Instituto de Engenheiros Elétricos e Eletrônicos, na sigla em inglês).
Os especialistas acreditam que os carros autônomos, capazes de dirigir por contra própria para qualquer destino, estão prestes a se tornar a norma no mercado.
Com a estimativa de que 90% dos acidentes de carro sejam causados por erro humano, tirar as pessoas fora da equação é algo que muitos fabricantes de automóvel acreditam ser um grande salto na segurança.
O problema é que a maioria dos motoristas qualificados não parece acreditar que o problema está neles.
"A maioria dos motoristas pensa que é melhor do que o motorista médio," explica o Dr. Graham Hole, da Universidade de Sussex, no Reino Unido, especialista em psicologia da direção.
"As pessoas têm tipicamente uma visão muito inflada de suas próprias habilidades quando o assunto é dirigir um carro," diz ele.
Volvo levou um comboio de veículos sem motorista por 200 km de estradas normais na Espanha. [Imagem: Volvo]
Tecnologias dos carros sem motorista
Um grande número de empresas está investindo em tecnologias de condução autônoma, os chamados carros sem motorista.
General Motors, Volkswagen, Volvo, BMW, Audi, Mercedes e muitas outras montadoras e fabricantes de autopeças - além, é claro, do Google - estão fazendo testes com veículos autônomos em um nível difícil de imaginar há poucos anos.
Mas quem é o melhor motorista, o homem ou a máquina?
E se há um vencedor claro, estariam os motoristas - ou mesmo os peritos técnicos - convencidos dos resultados?
Ainda que os números expressem corretamente a realidade, ainda será necessário uma boa campanha de convencimento antes que o controle dos automóveis possa ser entregue aos computadores.
Os psicólogos acreditam que as pessoas têm mais medo de coisas que não estão sob seu controle direto, o que explicaria o medo de voar, o medo da energia nuclear e até mesmo dos conservantes de alimentos.
Com relação aos motoristas, têm sido levantadas questões sobre o quão confortável uma pessoa se sentirá no hoje "banco do motorista" quando ela não estiver controlando o carro.
Mesmo alguns psicólogos estão preocupados com a segurança que se pode obter de ter um computador no controle de um automóvel.
"A realidade da situação é que os ambientes de condução são muito complexos e envolvem todos os tipos de decisões a serem tomadas - de níveis estratégicos até o nível operacional da prevenção de colisões," diz o Dr. Hole.
"Os seres humanos têm suas falhas, mas são processadores de informação extremamente eficientes, muito melhores do que qualquer máquina na proteção contra riscos."
Com isso, o bem conhecido termo computer crash (travamento de computador) está sendo usado como analogia para car crash (batida de carro) para descrever o que pode acontecer com os carros sem motorista.
Uma etapa intermediária para a aceitação da tecnologia seria dar aos carros uma inteligência para que eles só assumam a direção para evitar acidentes. [Imagem: Fraunhofer IITB]
Travamento automobilístico
As empresas de engenharia e as montadoras, por seu lado, esperam que seja apenas uma questão de tempo até que as pessoas absorvam a ideia.
Os projetistas fazem questão de salientar a multiplicidade de mecanismos pelos quais a segurança é mantida mesmo quando ocorre uma falha técnica.
No Projeto Sartre, por exemplo, o sistema monitora a si próprio e, se mesmo assim parece que algo poderia acontecer, as distâncias entre os carros são alongadas e os motoristas são avisados de que estão prestes a assumir o controle.
Se alguma coisa continua dando errado, então os carros são levados para o acostamento e parados. E os especialistas do Sartre afirmam que esta é apenas uma das maneiras que um problema como este pode ser tratado.
"É claro que as pessoas vão ter que se acostumar com esta nova tecnologia", sentencia Eric Chan, coordenador do projeto.
"Ela muda de maneira fundamental sua relação pessoal com o seu carro. Quando os cintos de segurança foram introduzidos, quando os airbags foram introduzidos, os chamados pilotos automáticos, havia um monte de pessoas que se mostrou nervosa com relação a essas tecnologias. Com o tempo, as pessoas se acostumaram a elas e perceberam os benefícios de segurança," alega ele.
Além da tecnologia
Contudo, apesar da esperança demonstrada por Eric Schmidt, presidente do Google, de que "carros que se autodirigem devam tornar-se o modo predominante de transporte durante o nosso tempo vida," pode ser que mesmo um pequeno risco possa ser demais para que algumas pessoas sintam-se confortáveis em retirar o motorista completamente.
O que aconteceria se a tecnologia falhar e nenhuma pessoa no carro souber "dirigir manualmente"?
"A sociedade vai achar isso muito difícil," diz Peter Rodger, especialista em regras de direção. "Estamos cada vez mais em uma cultura da culpa. Quando algo dá errado, procuramos alguém para culpar."
Ou seja, desfrutar do conforto de fazer uma viagem de carro sem precisar se preocupar em "fazer o carro funcionar" não é algo que vai depender unicamente da tecnologia.
Fonte: Inovação Tecnológica


Compartilhar:

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Paciente cego volta a ler com implante na retina


O implante visual usa uma malha de 60 eletrodos ligados à retina, disparando os impulsos diretamente nas células nervosas. [Imagem: Second Sight]
Neuroprótese
Um novo tipo de prótese neural foi usada para apresentar códigos Braille diretamente na retina de um paciente com perda total da visão.
A neuroprótese está permitindo que os pacientes leiam palavras de até quatro letras com rapidez e precisão.
O teste já foi realizado em 50 pacientes, de diversas condições, muitos dos quais agora já conseguem ver objetos, movimento e até cores.
Os resultados promissores deste estudo, com base nos dados de um paciente específico, foram publicados na revistaFrontiers in Neuroprosthetics.
O aparelho está em fase de avaliação, antes de poder ser comercializado. [Imagem: Second Sight]
Prótese ocular
A prótese ocular, chamada Argus II, usa uma pequena câmera montada sobre óculos, um processador portátil para traduzir os sinais da câmera em estimulação elétrica, e o implante propriamente dito, que é colocado diretamente na retina.
O implante é voltado para pacientes com retinite pigmentosa de origem genética.
"Em vez de sentir o código braille na ponta dos seus dedos, o paciente pode ver os padrões que nós projetamos e então ler as letras individuais em menos de um segundo, com até 89% de precisão," disse o Dr. Thomas Lauritzen.
Similar ao conceito usado nos implantes auditivos, o implante visual usa uma malha de 60 eletrodos ligados à retina, disparando os impulsos diretamente nas células nervosas.
Melhoria da tecnologia
"Este estudo é uma prova de conceito que ressalta a importância de experimentos clínicos envolvendo os novos implantes neuroprotéticos, para melhorar a tecnologia e gerar novas soluções adaptáveis," comentou Silvestro Micera, revisor científico do teste.
Fonte: Diário da Saúde

Compartilhar:

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Nasa divulga imagem de galáxia que fica a 59 milhões de anos-luz do Sol

Imagem divulgada pela agência espacial americana, a Nasa, mostra a galáxia espiral ESO 499-G37. Pelo ângulo captado pelo telescópio Hubble, é possível ver a formação em espiral da galáxia (no canto direito da imagem, formada por pontos azuis). Segundo a Nasa, o sistema estelar está localizado a 59 milhões de anos-luz do Sol. (Foto: Nasa/Reuters)

Fonte: G1
Compartilhar:

domingo, 25 de novembro de 2012

Equipamento brasileiro mede percentual de gordura em 30 segundos

Para fazer o escaneamento completo do corpo, o equipamento utiliza a tecnologia do Kinect, um sensor de videogames. [Imagem: Allbodyscan3d]

Modelo 3D
Pesquisadores da USP em São Carlos desenvolveram um equipamento de avaliação corporal que mede o percentual de gordura nas pessoas de forma mais rápida, precisa e confortável do que outros métodos existentes no mercado.
O aparelho, batizado de All Body Scan 3D, escaneia o corpo inteiro em 30 segundos, e gera um modelo tridimensional do paciente.
O equipamento tem aplicação tanto em clínicas de fisioterapia como em academias de ginástica.
A pesquisa teve início há dez anos e, segundo o coordenador Mario Gazziro, a ideia era apenas substituir as fitas métricas na avaliação de circunferências corporais.
Porém, ao longo de seu desenvolvimento - que contou com o apoio de especialistas clínicos - o projeto ampliou essas possibilidades.
"Foi assim que chegamos ao equipamento de hoje, que realiza a avaliação de composição corporal completa e também análise postural", disse o pesquisador.
Padrão-ouro
Para fazer o escaneamento completo do corpo, o equipamento utiliza a tecnologia do Kinect, um sensor de videogames.
Usando um trilho circular, o aparelho dá uma volta de 270 graus em torno do paciente, criando um modelo do corpo em 3D e transferindo os dados volumétricos para o software no computador.
"São trinta segundos para escanear o corpo inteiro, mais dois minutos para processamento no computador. O tórax, porém, é escaneado nos primeiros sete segundos, tornando o equipamento confortável para uso, pois é necessário prender a respiração. Após este processo, o equipamento realiza o escaneamento da pélvis e pernas", explicou Gazziro.
Além da rapidez, o diferencial do All Body Scan 3D para outros equipamentos de avaliação corporal já existentes é a precisão, que chega próxima ao que especialistas chamam de "padrão-ouro".
Trata-se do mais preciso método de medição de gordura corporal, por pesagem hidrostática em tanque d'água. A margem de erro nos resultados fica próxima a 1,5%, inferior aos 5% dos demais métodos. O software também armazena, exibe e permite exportar esses dados para outros sistemas.
Avatares e provadores digitais
Segundo Gazziro, a geração de modelos 3D do corpo humano está apenas no começo de sua exploração.
"A utilização em saúde é uma das primeiras aplicações, mas o futuro reserva utilização em jogos para criação de avatares, ou provadores de roupas digitais, por exemplo. Não será de se admirar que um dia os scanners 3D forem tão comuns quanto são as balanças de peso nas farmácias. Tendo em mente as diversas aplicações, essa área demonstra um enorme potencial industrial de mercado além de prestação de serviços", concluiu o pesquisador.
Fonte: Diário da Saúde
Compartilhar:

sábado, 24 de novembro de 2012

Físicos fazem luz viajar com velocidade infinita

Normalmente as ondas se anulam ou se reforçam, como se vê na imagem à esquerda. Mas o dispositivo ao centro faz a onda de luz brilhar em todo o seu comprimento (direita). [Imagem: AMOLF and University of Pennsylvania]

Infinitamente rápido
Albert Polman e seus colegas do Instituto de Física Atômica e Molecular em Amsterdã, na Holanda, fizeram algo que parece impossível.
Eles criaram um dispositivo no qual a luz se comporta como se viajasse a uma velocidade nada mais, nada menos do que infinita.
É claro que, como de praxe, eles começam alertando que seu dispositivo não contraria em nada as teorias de Einstein - nem tampouco é o mecanismo que falta para que nossas naves espaciais viajem em velocidade de dobra.
Mas como conciliar uma "velocidade infinita" da luz com o limite de velocidade universal imposto por Einstein?
É certo que já se demonstrou que superar a velocidade da luz é matematicamente possível, além do que vários experimentos têm "ludibriado" a física para criar pulsos superluminais, que viajam mais rápido do que a luz.
Mas "velocidade infinita" da luz é algo inédito.
Índice de refração = 0
No espaço, a luz viaja a 299.792.458 metros por segundo. Em outros materiais - na água ou no vidro, por exemplo - ela viaja mais lentamente.
A razão entre a velocidade da luz no vácuo e no material em questão define o índice de refração do material, que é tipicamente maior do que 1.
Contudo, os cientistas já descobriram meios de manipular as interações entre a luz e a matéria para criar índices negativos de refração - o que é feito usando materiais artificiais conhecidos como metamateriais.
Polman e seus colegas criaram uma espécie de túnel em nanoescala onde o índice de refração da luz é zero - assim, as ondas de luz de um comprimento de onda específico movem-se a uma velocidade infinita.
O dispositivo consiste em uma barra retangular, medindo 2.000 nanômetros de comprimento por 85 nanômetros de espessura, feita de dióxido de silício - que é isolante - recoberto com prata.
Tecnicamente trata-se de um guia de ondas, uma câmara condutora de luz.
Luz com velocidade infinita
A luz se comporta de forma diferente no interior desse guia de ondas porque os campos eletromagnéticos devem obedecer a condições precisas nas extremidades do dispositivo.
A luz com comprimentos de onda menores reflete-se entre as extremidades do guia de ondas, e os picos e vales da luz que está indo sobrepõem-se com os picos e vales da luz que está vindo, criando uma banda de interferência, um padrão de claros e escuros parecido com um código de barras - o brilho aumenta onde as ondas se somam e desaparece onde as ondas se anulam.
Acima de um determinado comprimento de onda "de corte", a luz não se propaga mais.
E é justamente nesse comprimento de onda de corte que as coisas ficam interessantes.
Em vez de produzir uma banda de interferência - a alternância de claros e escuros - o comprimento de onda inteiro brilha intensamente.
Isso significa que, em vez de se comportar como ondas com picos igualmente espaçados, as ondas de luz se comportam como se seus picos se movessem infinitamente rápido.
Assim, a luz oscila em sincronia ao longo de todo o dispositivo, estando literalmente ao longo de todo o seu comprimento ao mesmo tempo.
Salve a Relatividade
O professor Nader Engheta, membro da equipe, explica que isso não viola a relatividade porque a luz tem duas velocidades.
A "velocidade de fase" descreve a rapidez com que as ondas de um determinado comprimento de onda se movem, enquanto a "velocidade de grupo" descreve a velocidade com que a luz transporta energia - ou informação.
Somente a velocidade de grupo deve obedecer ao limite universal de velocidade, diz Engheta, e isso ocorre no interior do guia de ondas que ele e seus colegas construíram.
O pesquisador acrescenta que a tecnologia poderá ter vários usos, por exemplo, como uma antena que emita ondas de luz "formatadas" com precisão para uso em circuitos lógicos ópticos, ou seja, processadores à base de luz.
A equipe também não descarta a possibilidade de fabricação de um metamaterial de dimensões macroscópicas com índice zero de refração.
Fonte: Inovação Tecnológica
Compartilhar:

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Vapor solar: energia solar super eficiente

Oara Neumann (esquerda) e Naomi Halas usaram nanopartículas para criar um gerador temossolar de altíssima eficiência. [Imagem: Jeff Fitlow/Rice University]

Nanovaporização
Um painel solar fotovoltaico tem uma eficiência energética média ao redor de 15%.
Uma nova tecnologia batizada de "vapor solar" pode alcançar até 24% de eficiência energética.
O segredo está em usar nanopartículas para converter a energia solar diretamente em vapor - o protótipo pode vaporizar até água gelada.
Oara Neumann e Naomi Halas, da Universidade Rice, nos Estados Unidos, afirmam que a nova tecnologia não deverá competir inicialmente com os painéis solares.
"Há muito mais sobre energia do que eletricidade. Com esta tecnologia, estamos começando a pensar sobre a energia termossolar de uma forma completamente nova," disse Halas.
Segundo ela, o vaporizador solar está pronto para ser usado na purificação de água e no tratamento de esgotos.
Nanopartículas fotossensíveis
A eficiência do coletor termossolar deve-se às nanopartículas fotossensíveis, que convertem a luz do Sol em calor.
Quando dissolvidas em água e expostas à luz do Sol, as partículas se aquecem tão rapidamente que vaporizam instantaneamente a água ao seu redor, criando vapor, sem precisar aquecer a água até o ponto de ebulição.
Todas as leis da termodinâmica são preservadas, mas o aquecimento em nanoescala mostrou-se aproveitável em macroescala em um nível difícil de imaginar.
"Nossas partículas são muito pequenas, menores até do que o comprimento de onda da luz. Isso significa que elas têm uma área superficial muito pequena para dissipar o calor. Esse aquecimento intenso permite gerar o vapor localmente, diretamente na superfície da nanopartícula," explica Halas.
O efeito é impressionante, principalmente quando se vê água quase em ponto de congelamento - já com as nanopartículas em solução - virando vapor tão logo é posta ao Sol.
Usos da energia termossolar
Apesar da preferência das pesquisadoras por aplicações sanitárias, cerca de 90% da eletricidade mundial é produzida por vapor, seja ele criado pela queima de carvão ou por um reator nuclear.
A indústria também utiliza vapor em grande quantidade, geralmente oriundo da queima de gás natural ou óleo combustível.
Em testes no laboratório, Oara Neumann constatou que seu gerador termossolar com nanopartículas é duas vezes e meia mais eficiente do que as colunas de destilação usadas na indústria.
Outro uso potencial da energia termossolar é na alimentação de sistemas de ar-condicionado híbridos, alimentados por energia solar durante o dia e eletricidade à noite.
Fonte: Inovação Tecnológica
Compartilhar:

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Pele artificial cicatriza-se em 30 minutos

Uma amostra da pele sintética é cortada com um estilete - ela recupera 75% de sua resistência e de sua condutividade elétrica originais em 15 segundos, e volta ao estado original em meia hora. [Imagem: Benjamin Tee/Chao Wang]
Pele para robôs

Primeiro a equipe da Dra. Zhenan Bao, da Universidade de Stanford, criou uma pele artificial com uma sensibilidade superior à da pele humana.

Há cerca de um ano, o material já havia progredido para uma pele artificial super flexível e transparente.

Agora, a pele sintética não apenas é flexível e sensível, como também pode curar-se de um ferimento em poucos minutos.

É claro que não se trata ainda de uma "pele artificial" no sentido médico do termo - ela não tem os atributos necessários para um implante em um paciente humano.

Mas o material sintético já alcançou propriedades tão surpreendentes que poderá ser usado como pele de robôs, no revestimento de próteses robotizadas, ou como sensor nas mais diversas aplicações.

A Dra. Bao chama a nova pele artificial de "o melhor de dois mundos", uma vez que ela reúne a capacidade de autocicatrização, geralmente obtida com polímeros, com a condutividade de um metal, algo essencial para dar-lhe a sensibilidade, mas que também abre caminho para mais aplicações.

"Para interfacear esse tipo de material com o mundo digital, o ideal é ter um material que seja condutor [de eletricidade]," disse a pesquisadora.

Ligações de hidrogênio

Tudo começa com um plástico formado por longas cadeias de moléculas unidas por ligações de hidrogênio - a atração relativamente fraca entre a região positivamente carregada de um átomo e a região de carga negativa de outro.

São essas ligações que permitem que o material adquira a propriedade da autocicatrização. As moléculas podem ser separadas por uma força relativamente pequena, rasgando o material.

Mas, quando elas se reconectam, as ligações se reorganizam e restauram a estrutura do material, que não perde suas características originais, uma grande vantagem em relação a outros materiais igualmente capazes de se autoconsertar.

A sensibilidade da pele artificial - baseada em sua condutividade elétrica - é garantida pela adição de partículas de níquel, que também ajudam a aumentar a resistência do material, para que ele não se rasgue tão facilmente.

Autocicatrização

Para testar a capacidade de se autoconsertar da pele artificial, os pesquisadores foram direto ao ponto, sem rodeios: eles cortaram o material com um estilete.

Não foi necessário medicamento e nem mesmo curativo. Bastou segurar as duas partes juntas para que a pele sintética recuperasse 75% de sua resistência e de sua condutividade elétrica originais.

Esse índice se aproximou dos 100% depois de 30 minutos. Em comparação, ressaltam os pesquisadores, a pele humana leva dias para cicatrizar.

Melhor ainda, a mesma amostra foi cortada e recortada 50 vezes no mesmo ponto, e recuperou suas propriedades iniciais.

Robôs e próteses robotizadas

A Dra. Bao disse que é possível melhorar a pele sintética, já que as partículas de níquel, importantes para tornar o material condutor e resistente, acabam atrapalhando o processo de autoconserto, que não é tão bom quanto ela gostaria.

Apesar disso, Benjamin Tee, que foi o grande idealizador do novo material, afirmou que, neste estágio, ele é sensível o suficiente para detectar um aperto de mão, o que abre o caminho para seu uso na robótica, o que inclui as próteses robotizadas.


Fonte: Inovação Tecnológica
Compartilhar:

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Assembleia aprova, por unanimidade, as leis da educação

Foto colhida no site do Sindicato APEOC
Foram aprovadas hoje (quarta-feira, 21 de novembro de 2012), na Assembleia Legislativa do Ceará, as quatro mensagens enviadas pelo Governo do Estado, dispondo sobre matérias de interesse da educação e dos educadores do Ensino Médio e Fundamental.

Na primeira mensagem aprovada, foram criados cargos de professores para provimento através de concurso público; na segunda, foram disciplinados novos critérios de utilização dos recursos do FUNDEB; na terceira, foram alterados os critérios de gratificação de regência de classe para os professores mestres e doutores; e, na quarta, foram aperfeiçoados os critérios para concessão do prêmio Escola Nota Dez.

"O atendimento a estas reivindicações", como analisa Prof. Anízio Melo, Presidente do Sindicato APEOC, "resultam das importantes conquistas realizadas durante a greve dos 63 dias em 2011".

As quatro mensagens receberam, na Assembleia, apoio unânime dos parlamentares, e os sindicalistas presentes aplaudiram os pronunciamentos dos deputados Rachel Marques, Antônio Carlos e Lula Morais.

Os autógrafos das leis serão agora enviados ao Poder Executivo para sanção do governador Cid Gomes, e, em seguida, seguirão para publicação no Diário Oficial.

As quatro mensagens, acompanhadas de projetos de leis, chegaram dia 20 de novembro de 2012 à Assembleia Legislativa com Pedido de urgência, e foram aprovadas no dia seguinte (21/11/2012).

SÍNTESE dos conteúdos das 4 mensagens:

Concurso público

A primeira mensagem dispôs sobre a criação de 1.838 novos cargos de professor para a realização de concurso público. Os novos cargos são para professores classe pleno I, referência I, e devem suprir as carências de docentes nas disciplinas e áreas do ensino médio nas escolas estaduais. O Governo explica ainda, no projeto de lei, que a criação dos cargos é em decorrência da realização de concurso público para três mil cargos de docentes.

Recursos do FUNDEB

A segunda mensagem disciplina o artigo 3º da Lei n° 15.064 (de dezembro de 2011), quanto à utilização dos recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FUNDEB) para a distribuição com os profissionais do Grupo Ocupacional Magistério da Educação Básica (MAG).

Regência de classe

A terceira mensagem altera a gratificação de regência de classe. A gratificação para os professores com mestrado e doutorado: 20%, e 40%, respectivamente, sobre o vencimento base, será estendida para os professores lotados na SEDUC e CREDEs, bem como para aposentados e pensionistas (mestres com doutorado).

Prêmio "Escola Nota 10"

A última mensagem tem o objetivo de aprimorar os critérios de desempate para a concessão do prêmio Escola Nota Dez.

Fonte: Sindicato APEOC
Compartilhar:

Astrônomos encontram corpo celeste 12,8 vezes maior que Júpiter

Ilustração mostra Kappa Andromedae b (Foto: Nasa/Divulgação)
A Nasa anunciou nesta terça-feira (19) a descoberta de um novo corpo celeste que pode ser um exoplaneta (planeta fora do Sitema Solar) ou uma anã marrom, categoria maior que os planetas mas menor que as estrelas. O objeto tem 12,8 vezes o tamanho de Júpiter e orbita em torno da estrela Kappa Andromeda. Por isso, foi batizado de Kappa Andromedae b. Ele foi detectado por um telescópio no Havaí, usando informações de radiação infravermelha.

Segundo a agência espacial americana, por seu tamanho, o objeto está no limite que separa os grandes planetas das anãs marrons. "De acordo com modelos convencionais de formação planetária, ele está só um pouco aquém de ser capaz de gerar energia por fusão, ponto em que seria considerado uma anã marrom em vez de um planeta. Mas isso não é definitivo, e outras considerações poderiam dar um empurrãozinho ao objeto, fazendo-o cruzar a linha para o território das anãs marrons", analisa Michael Mc Elwain, um dos integantes da equipe que descobriu o objeto.

Fonte: G1
Compartilhar:

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Escritor Geraldo Ananias doou sua Obra completa a Escola Santa Tereza

Aluna Valéria e Prof. do LEI Ermeson - Foto: Divulgação 
A obra "Foi Assim" do escritor Geraldo Ananias foi utilizada para as filmagens do Projeto Literatura em Curtas promovido pelos Professores do LEI  (Fabrício e Ermeson) e alunos da Escola Santa Tereza em parceria com a Cred.
 
O escritor doou sua obra completa (Foi Assim, Réstias do Tempo, Levado ao Vento, No Azul Sonhado e Nos Ombros do Destino) para nossa escola e 12 livros de sua última edição (Nos ombros do Destino) que, de acordo com a escola, será sorteado entre alunos e professores.
 
Em nota, no seu blog, a intiuição de ensino agradeceu a Geraldo Ananias por contribuir para o crescimento educacional da mesma e por ter autorizado a sua obra. O vídeo será disponibilizado na segunda semana de Dezembro, pois a culminância do Projeto será neste período.
 
Fonte: Escola Santa Tereza
Compartilhar:

Sindicato APEOC conquista importante vitória em favor dos profissionais da educação

Foto: APEOC

A história greve dos 63 dias, ocorrida em 2011, na rede estadual de ensino, marcou uma nova época de luta dos trabalhadores da Educação Básica. Com absoluto apoio dos professores e dos servidores da educação, a direção do Sindicato – APEOC foi estimulada a propor e a conduzir uma greve geral de 63 dias. Isto ocorreu depois de um longo período silencioso do governo cearense, demonstrando total insensibilidade ao que reivindicavam os trabalhadores.
A paralisação foi necessária, e, usada como meio estremo para construir um canal de negociação indispensável ao processo de diálogo com a sociedade e com o próprio governo do Estado. Com transparência e seriedade, o Sindicato – APEOC demonstrou que não havia recuo sem negociar a pauta das reivindicações dos profissionais da educação. Com intimidação característica de quem tem poder, o governo procrastinou o que foi possível até pedir ao Judiciário à ilegalidade da greve. Situação constrangedora e minuciosamente analisada pela direção do Sindicato – APEOC, em face do altíssimo valor da multa determinada pela Justiça por cada dia de greve.
O espírito de luta dos educadores não fraquejou em nenhum momento. Muito pelo contrário, a união estimulou o bom combate e a busca por proposta negociável não permitia segunda opção. A paralisação chegava à totalidade das escolas estaduais existentes na capital e no interior do Estado. Ciente da convicção do que desejava a categoria, o governo decidiu abrir o esperado canal de negociação. Com esta abertura, a vitoriosa greve chegou a um final feliz. Tudo foi acordado em assembleia de professores conduzida pela direção do Sindicato – APEOC. UM novo período de entendimento aflorou entre governo, professores e o Sindicato – APEOC. Tudo através de propostas acordadas em mesa de negociação.
Negociação que terminou nesta última quarta-feira, 13 de novembro de 2012, com um final mais do que feliz para os combates da histórica greve dos 63 dais. Infelizmente, a luta vai continuar em defesa de uma educação com qualidade, em defesa da melhoria do ensino na escola pública: em defesa de salário digno no magistério da educação básica e em defesa da valorização funcional e profissional dos educadores.
O que foi conquistado pelo Sindicato – APEOC nesta quarta-feira é digno de aplausos. Mas ainda não é tudo que merece a educação e os educadores da rede estadual de ensino, apesar do ganho real e das perspectivas que iluminam o caminhar de futuras batalhas. A luta vai continuar com seriedade e respeito aos poderes constituídos. Vai continuar pautada também no respeito à liberdade de expressão assegurada pelo Estado Democrático e de Direito.
Parabéns aos educadores da rede estadual de ensino. Ainda não conquistamos o que merecemos, mas avançamos no que for possível e não desistiremos mais de lutar por uma educação de qualidade que necessitam o Brasil e nossos irmãos trabalhadores.
Fonte: Sindicato APEOC
Compartilhar:

Iniciada a aplicação da prova do SPAECE nas escolas estaduais

Alunos do 1º ano da Escola Santa Tereza de Altaneira
Foto: Escola Santa Tereza
Nesta segunda-feira, 19, iniciou-se a aplicação das provas do Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Estado do Ceará - SPAECE nas escolas estaduais. As provas serão realizadas em quatro dias, divididas por série de ensino. Ontem resolveram a avaliação os alunos matriculados nos primeiros anos do ensino médio, hoje é a vez dos alunos do segundos anos, quarta e quinta-feira serão os alunos de terceiro ano que resolveram as provas, estas divididas em dois dias de aplicação por seguir os padrões do ENEM.

A Escola Santa Tereza está no clima do SPAECE desde o início do ano, tendo projetos desenvolvidos e atividades realizadas em todas as áreas do conhecimento em prol de uma melhoria na aprendizagem dos alunos. Semana passada foi realizada uma olimpíada do conhecimento composta de gincanas, jogos e outras ferramentas que muito contribuíram para motivar os alunos para a realização do SPAECE essa semana.

Estamos esperançosos de que os resultados superem os alcançados em 2011 e que o número de alunos premiados com computadores aumentem também.
Compartilhar:

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Apeoc e Seduc anunciam benefícios para professores

Pauta de reivindicação da categoria foi discutida em reunião ontem - FOTO: ANDRÉ SALGADO


Governo divulga reajuste para professores
O salário inicial terá reajuste de 40%, sendo a segunda melhor remuneração do Nordeste. Governo também realizará concurso público e anuncia a aplicação de 1/3 da carga horária
A Secretaria da Educação do Ceará (Seduc) anunciou o valor dos reajustes salariais para os professores da rede pública estadual. O pagamento será feito a partir de dezembro, mas retroativo a outubro de 2012.

O maior aumento será para os professores graduados, que estão em nível inicial. O reajuste será de 40%. Pelos cálculos do presidente do Sindicato Apeoc, Anízio Melo, o salário inicial deverá subir para R$ 2.310. “Isso faz o Ceará saltar de sexto estado para o segundo lugar do Nordeste em melhor remuneração”.
As demais categorias terão os seguintes reajustes: especialista (12%), mestre (7,61%), doutor (4,51%) e temporário (10%). A titular da Seduc, Izolda Cela, justificou que “quem está no final da carreira - mestres e doutores - foi contemplado (com um aumento maior) ano passado”.

Também foi anunciado aumento no valor da gratificação para secretários (que passa para R$ 983,09), coordenadores (sobe para R$ 1.310,77) e diretores escolares de Centros de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) e de escolas com menos de 400 alunos (aumenta para R$ 1.872,59). Professores em sala de aula também receberão bonificação de um terço do salário no fim do ano.
Concurso
Foi anunciada ainda a realização de concurso público para a contratação de três mil novos professores para as escolas de ensino médio. A previsão da secretária Izolda Cela é de que o edital saia no começo de dezembro e as primeiras contrações ocorram até o fim do primeiro semestre de 2013.
As vagas serão criadas para suprir a demanda por novos professores, devido a aplicação de um terço da carga horária dos educadores para atividades extra-classe, definido na Lei do Piso (ver coordenada). Porém, a Seduc não antecipou detalhes do certame.
Para garantir os recursos necessários às medidas anunciadas, Governo e sindicato Apeoc acertaram que 77% dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) no Ceará serão destinados a melhorias na carreira dos professores em 2012. Já em 2013 e 2014, o percentual vai aumentar para 80%.
Pelas contas do Governo, isso deve significar um acréscimo de R$ 100 milhões. Já a Apeoc faz a estimativa em R$ 120 milhões. Caso haja sobra, o valor deverá ser revertido em bonificação para os professores.
Fonte: APEOC
Compartilhar:

NASA vai construir Estação Espacial Lunar

Nave Orion no ponto EML-2. A estação lunar deverá usar laboratórios similares aos da Estação Espacial Internacional e poderá ser usada para controlar robôs na superfície da Lua.[Imagem: Lockheed Martin]

Estação Espacial Lunar
Com a eleição de Barack Obama para um segundo mandato, aumentaram os rumores de que a NASA construirá uma Estação Espacial Lunar.
O posto espacial deverá ficar a 60.000 quilômetros além da Lua, com vista para o lado do satélite que não é visto da Terra - literalmente, onde nenhum humano jamais foi antes.
A estação deverá ficar em um ponto conhecido como Ponto de Lagrange Terra-Lua 2, ou EML-2.
Este é um dos pontos onde a gravidade da Terra e da Lua se equilibram, permitindo que uma estação espacial "flutue" sobre a Lua sem gastar combustível.
Esse espaçoporto poderá ser importante em missões tripuladas de exploração de um asteroide ou de Marte - ambas listadas por Obama em suas prioridades para a NASA.
Exploração da Lua
A construção da Estação Espacial Lunar é tida como altamente provável pelos especialistas porque tudo poderá ser feito usando as tecnologias já empregadas na Estação Espacial Internacional.
Oficialmente, contudo, até o momento a NASA apenas confirmou que enviará uma cápsula em uma viagem em torno da Lua em 2017 e uma missão tripulada em órbita da Lua em 2021.
"A NASA está executando o ambicioso plano de exploração espacial do Presidente, que inclui missões ao redor da Lua, a um asteroide e eventualmente a Marte," disse Rachel Kraft, porta-voz da NASA.
"Há um grande número de alternativas e opções sendo discutidas para ajudar a estabelecer o conhecimento e as capacidades necessárias para chegarmos lá, e outras opções estão sendo consideradas conforme nós tentamos diminuir os riscos," completou.
Pontos de Lagrange para o sistema Terra-Lua. O ponto L2 é mais distante do que qualquer humano já viajou e oferece uma visão única tanto da Lua quanto da Terra. [Imagem: David A. Kring/Lunar and Planetary Institute]
Exploração robotizada da Lua
O ponto de Lagrange onde deverá ficar a Estação Lunar, conhecido como EML-2, é mais longe do que qualquer astronauta já tenha ido.
Como não é protegido pelo escudo magnético da Terra, será um local perfeito para testar sistemas de suporte de vida para viagens espaciais de longa duração.
Uma base a essa distância da Lua viabilizará também a exploração do satélite terrestre por robôs controlados remotamente em tempo real.
Embora a distância entre a Terra e Lua gere um retardo de apenas 3 segundos nas comunicações, isso é suficiente para tornar esse controle impraticável, conforme ficou demonstrado em um teste recente realizado pela NASA e pela ESA.
A expectativa é que a NASA confirme oficialmente a criação da Estação Espacial Lunar em Fevereiro do próximo ano, quando será aprovado o novo orçamento da agência espacial.
Fonte: Inovação Tecnológica

Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Página inicial

Visitantes no Globo

On line

Total de visualizações

Arquivo do blog

Mais visualizadas do mês

Seguidores