>
Olá, seja muito bem-vindo a esse ambiente! Espero que ele possa atender suas expectativas!

terça-feira, 23 de abril de 2013

Céu da Argentina é iluminado por meteoro


Um fenômeno desconhecido, provavelmente um meteoro, iluminou o céu na madrugada deste domingo (21), em províncias do norte e do centro da Argentina, segundo informaram redes sociais e canais locais de TV.

ENTENDA A DIFERENÇA

AsteroideObjeto rochoso, relativamente pequeno e inativo, que orbita o nosso Sol
MeteoroideSobras de asteroides ou cometas que orbitam o nosso Sol
MeteoroFenômeno que ocorre ao longo da atmosfera da Terra e deixa um rastro de luz no céu
MeteoritoQuando um meteoroide ou um asteroide resistem à passagem pela atmosfera terrestre e atingem o solo do nosso planeta, ele é classificado como um meteorito
CometaObjeto de gelo relativamente pequeno, mas muitas vezes ativo, que tem cauda de gás e poeira
  • Fonte: Othon Winter, professor e pesquisador de trajetórias espaciais da Unesp (Universidade Estadual Paulista), e Nasa (Agência Espacial Norte-Americana)
"Pode ter sido um meteorito que se desintegrou ao entrar na atmosfera e causou a luminosidade", indicou o astrônomo Mariano Ribas, do Planetário de Buenos Aires, ao canal C5N.
"Uma bola de fogo iluminou a noite", contaram testemunhas nas redes sociais Twitter e Facebook. Vídeos caseiros e de câmeras de segurança exibidos na TV mostravam o momento em que ocorreu o clarão, às 3h20 locais.
"A única informação que temos são os depoimentos de testemunhas", disse uma fonte policial, que pediu para não ser identificada, em Santiago del Estero.
A maioria das testemunhas disse que o fenômeno lembrou a explosão de um meteoro no céu da Rússia em 15 de fevereiro.
Não houve nenhuma explicação oficial na Argentina sobre a origem do fenômeno, que também produziu um efeito sonoro sentido nas províncias de Santiago del Estero, Chaco, Salta, Córdoba, Tucumán e Catamarca.
Chuva de meteoros
Todo mês de abril ocorre a chuva de meteoros Lirídeas, na constelação de Lira. Neste ano, seu auge foi na madrugada de domingo para segunda-feira (22), às 3h, sendo visto em boa parte do hemisfério Sul do planeta.
Possivelmente, o clarão avistado na região Norte da Argentina pode ter vindo dessa chuva de meteoros, que causa cerca de 20 explosões por hora no seu ponto máximo. A Lirídeas deve continuar até 26 de abril, segundo os astrônomos.
Fonte: Uol.Notícias
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Com seus comentários, você ajuda a construir esse ambiente. Sempre que opinar sobre as postagens, procure respeitar a opinião do outro.

Muito obrigado por participar de nosso Blog!

Abraços!

Visitantes no Globo

On line

Total de visualizações

Arquivo do blog

Mais visualizadas do mês

Seguidores