>
Olá, seja muito bem-vindo a esse ambiente! Espero que ele possa atender suas expectativas!

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Encontrado exoplaneta em torno de estrela gêmea do Sol

São conhecidos muito poucos planetas em enxames estelares e este possui a particularidade adicional de orbita uma gêmea solar, uma estrela que é, em todos os aspectos, praticamente idêntica ao Sol. [Imagem: ESO/L. Calçada]
Planetas em enxames estelares

Astrônomos encontraram três planetas em torno de estrelas pertencentes ao enxame estelar aberto Messier 67.

Embora mais de mil planetas fora do Sistema Solar já sejam conhecidos, apenas alguns foram descobertos em enxames estelares.

Curiosamente, um destes novos exoplanetas orbita uma estrela rara. Trata-se de uma gêmea solar - uma estrela que é, em todos os aspectos, praticamente idêntica ao Sol.

Embora já se calcule em bilhões o número de exoplanetas semelhantes à Terra, tem sido muito difícil encontrar exoplanetas em enxames estelares, o que é relativamente estranho, já que a maioria das estrelas nasce precisamente no seio destes enxames.

Anna Brucalassi e seus colegas do Instituto Max Planck de Física Extraterrestre, na Alemanha, queriam saber se essa aparente escassez não significaria que existe algo diferente na formação planetária em enxames estelares.

"No enxame estelar Messier 67 as estrelas têm todas a mesma idade e composição do Sol, o que torna este local um laboratório perfeito para estudar quantos planetas se formam num ambiente são populado e investigar se se formam essencialmente em torno de estrelas de maior ou de menor massa," conta ela.

A equipe utilizou o instrumento HARPS, um detector de planetas montado no telescópio de 3,6 metros do ESO, no Observatório de La Silla, no Chile, e os resultados foram complementados com observações efetuadas por outros observatórios.

Foram monitoradas 88 estrelas selecionadas no enxame Messier 67 durante um período de seis anos, procurando os pequeníssimos movimentos das estrelas, que se aproximam ou afastam da Terra, e que revelam a presença de planetas na sua órbita.

Gêmeas do Sol

Foram descobertos três planetas, dois em órbita de estrelas semelhantes ao Sol e um em órbita de uma estrela gigante vermelha, mais velha e de maior massa.

Os primeiros dois planetas têm ambos um terço da massa de Júpiter e orbitam as suas estrelas hospedeiras em sete e cinco dias, respectivamente. O terceiro planeta demora 122 dias para completar a sua órbita e possui mais massa que Júpiter.

O primeiro destes planetas mostrou estar em órbita de uma estrela extraordinária - uma das mais similares gêmeas solares identificadas até hoje, praticamente idêntica ao Sol.

As estrelas são classificadas em categorias de acordo com a sua semelhança ao Sol, divididas em gêmeas solares e estrelas do tipo solar. As gêmeas solares são as mais parecidas com o Sol, uma vez que apresentam massas, temperaturas e abundâncias químicas muito similares.

As gêmeas solares são muito raras, mas as outras classes, onde as semelhanças são menos precisas, são muito mais comuns.

Os três planetas situam-se mais perto das suas estrelas do que a zona habitável, local onde poderia existir água no estado líquido - eles são parecidos com Júpiter, mas extremamente quentes.

Os astrônomos concluíram que, na realidade, não existe falta de planetas em estrelas de enxames estelares - o que ocorre é que eles são mais difíceis de detectar.

Fonte: Inovação Tecnológica
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Com seus comentários, você ajuda a construir esse ambiente. Sempre que opinar sobre as postagens, procure respeitar a opinião do outro.

Muito obrigado por participar de nosso Blog!

Abraços!

Visitantes no Globo

On line

Total de visualizações

Arquivo do blog

Mais visualizadas do mês

Seguidores