>
Olá, seja muito bem-vindo a esse ambiente! Espero que ele possa atender suas expectativas!

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

São seus traços morais que definem como as pessoas veem você

Experimentos com manipulação cerebral já demonstraram a possibilidade de alterar os julgamentos morais de uma pessoa.[Imagem: BBC]
Quase todos acreditamos que a forma de pensar e as coisas de que nos lembramos - nossa "experiência de vida" - são uma parte essencial do que nos define como pessoa.
Mas parece que não é assim que olhamos para os outros - e nem tampouco é assim que os outros nos veem.
"Ao contrário do que você possa imaginar - e do que gerações de filósofos e psicólogos têm assumido - a perda de memória em si não faz alguém parecer uma pessoa diferente. Nem a maioria dos outros fatores, como a mudança de personalidade, a perda da cognição de alto nível, a depressão ou a capacidade de realizar as atividades diárias," relata a professora Nina Strohminger, da Universidade de Yale (EUA).
Segundo os resultados dos estudos da equipe de Strohminger, são nossos traços morais que nos definem, formando o núcleo de nossa identidade.
Para demonstrar a importância da moralidade na definição da identidade, a equipe trabalhou com centenas de pacientes e familiares de pacientes com doenças neurodegenerativas, que tipicamente apresentam as condições citadas pela pesquisadora, como perda de memória, de capacidade cognitiva e de realizar tarefas diárias.
Mas os familiares e amigos apenas relataram que o paciente "não parecia mais a mesma pessoa", ou estava "irreconhecível", quando começava a apresentar variações nos traços morais.
"Isso é interessante porque mostra que alguém pode mudar bastante e ainda parecer basicamente a mesma pessoa. Por outro lado, se as faculdades morais ficam comprometidas, uma pessoa pode ser considerada irreconhecível," disse Strohminger.
Os resultados mostraram que tanto a doença de Alzheimer quanto a demência frontotemporal foram associadas com um maior sentido de perturbação da identidade do que a esclerose lateral amiotrófica, com a demência frontotemporal levando à maior deterioração na identidade.
Fonte: Diário da Saúde
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Com seus comentários, você ajuda a construir esse ambiente. Sempre que opinar sobre as postagens, procure respeitar a opinião do outro.

Muito obrigado por participar de nosso Blog!

Abraços!

Visitantes no Globo

On line

Total de visualizações

Arquivo do blog

Mais visualizadas do mês

Seguidores