>
Olá, seja muito bem-vindo a esse ambiente! Espero que ele possa atender suas expectativas!

segunda-feira, 17 de abril de 2017

ENEM 2016 (Segunda Aplicação) - Radioatividade no ambiente marinho


O ambiente marinho pode ser contaminado com rejeitos radioativos provenientes de testes com armas nucleares. Os materiais radioativos podem se acumular nos organismos. Por exemplo, o estrôncio-90 é quimicamente semelhante ao cálcio e pode substituir esse elemento nos processos biológicos.

FIGUEIRA, R. C. L.; CUNHA. I. I. L. A contaminação dos oceanos por radionuclídeos antrupogênios. Química Nova na Escola, n. 1. 1996 (adaptado).

Um pesquisador analisou as seguintes amostras coletadas em uma região marinha próxima a um local que manipula o estrôncio radioativo: coluna vertebral de tartarugas, concha de moluscos, endoesqueleto de ouriços-do-mar, sedimento de recife de corais e tentáculos de polvo.

Em qual das amostras analisadas a radioatividade foi menor?

a) Concha de moluscos.
b) Tentáculos de polvo.
c) O sedimento de recife de corais.
d) Coluna vertebral de tartarugas.
e) Endoesqueleto de ouriços-do-mar.




Resolução nos comentários da postagem
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Página inicial

1 comentários:

  1. Tendo em vista que o estrôncio-90 é radioativo e pode substituir o cálcio na construção de estruturas biológicas, tais como: ossos, conchas, placas calcárias e sedimentos de recifes, a amostra que acumula a menor quantidade de radioatividade são os tentáculos de polvos, pois os polvos são moluscos cefalópodes desprovidos de estruturas esqueléticas.

    Alternativa: B

    ResponderExcluir

Com seus comentários, você ajuda a construir esse ambiente. Sempre que opinar sobre as postagens, procure respeitar a opinião do outro.

Muito obrigado por participar de nosso Blog!

Abraços!

Visitantes no Globo

On line

Total de visualizações

Arquivo do blog

Mais visualizadas do mês

Seguidores